LAÇOS DE RITA


Nunca tinha reparado como é curioso um laço...
Uma fita dando voltas que se enrosca...
Mas não embola.
Vira,revira, circula e pronto:
Está dado o laço.
Assim como um abraço:
Coração com coração
Tudo isso cercado de muito braço.
É assim que é o laço:
Um abraço no presente...
No cabelo...
No vestido...
Em qualquer coisa que faço.
E quando puxo uma ponta,
O que é que acontece?
Vai escorregando... devagarzinho... Desmancha... desfaz o abraço.
Solta o presente, o cabelo...
E na fita que curioso,
Não faltou nenhum pedaço.
Ah! Então é assim o amor, a amizade.
Tudo o que é sentimento?
Como um pedaço de fita?
Enrosca, segura um pouquinho,
Mas pode desfazer a qualquer hora, Deixando livre as duas pontas do
laço.
Por isso é que se diz:
Laço afetivo, laço de amizade...
E quando alguém briga, então se diz: Romperam-se os laços...
Assim é o amor...
Não prende, não escraviza,
Não aperta, não sufoca.
Porque quando vira nó,
Já deixou de ser laço.

Mário Quintana

domingo, 19 de setembro de 2010

Matrioskas.....existem muitos significados para essas bonecas russas chamadas matrioskas, desde símbolos políticos, até o que eu mais gosto.....a fecundidade. muita gente me pergunta sobre aplicação. Este quilt foi feito com a técnica do caseado, a mais simples e de rápida execução.

Tenho visto muito trabalho de caseado na Internet, e sinto dor na alma com o desperdício de papel cola , no meu caso uso o heatnbond lite. Então fiz um Pap de como utiliza-lo sem doer no bolso. Lembrando que o melhor lugar para se aprender é fazendo aulas de patchwork com profissionais habilitadas. Além de aprender e trocar ideias, temos a oportunidade de conhecer pessoas.

O molde da matrioska, consegui na net, e não sei o nome da fonte, mas caso queiram é só me mandar um email. rtmartins25@gmail.com que enviarei com prazer.

Risque o seu molde no lado liso do papel.



Faça dois riscos em volta do molde de mais ou menos meio centímetro, um na parte interna e outro na parte externa.


Recorte exatamente nestas linhas, como mostra a foto. Reparem que temos um bom pedaço de papel que foi retirado da parte interna do molde. Com esta sobra podemos riscar o cabelo e a carinha de nossa matrioska, sem desperdício de material, além do trabalho não ficar "chapado"



Depois de passar para o tecido a ser aplicado, recortamos o nosso molde na sua linha original, retiramos o papel e passamos para o nosso tecido base.




Aqui, todas prontinhas para serem caseadas.





Aqui, ela caseada com um mini fuxico e acrescentei um bordadinho. Temos várias ideias legais para o bolsinho, podemos bordar nomes de pessoas queridas, deixar aberta a parte de cima do bolso e colocar guloseimas para quem amamos, e o que mais você quiser. Como não tem cola em baixo temos movimento e suavidade na aplicação, e os nossos dedinhos agradecem.
Para este quilt , você vai precisar de um metro de tecido base , 70cm de tecido floral ( ou outro de sua preferência), retalhos de tecido marron para o cabelo, retalho de tecido bege para o rostinho e retalho de tecido de sua preferência para as bolsinhas. Quatro tiras de 3" para as bordas. ( eu optei por rosa, pois vou fazer o vivo depois de quiltada, com o mesmo tecido vermelho estampado que usei na boneca)
O tamanho final do quilt é de 41 1/2", ou seja 106 cm.
Os blocos de aplicação devem ser cortados com 7 3/4" no total de 13 blocos.






O nine patch são tiras de 3", cortadas no sentido da largura do tecido, no meu caso usei tecido nacional de 1,40 cm de largura.






Disposição das tiras a serem costuradas.








Depois de costuradas, cortamos de 3" em 3", e montamos nosso nine. Vamos precisar de 12 blocos de nine. E finalizamos com uma borda de 3".
Este tecido vermelho é tão lindo, pena que nas fotos ele fica parecendo coral. Qualquer dúvida , por favor pergunte, pois não sou nem um pouquinho didática e péssima fotógrafa.
Beijos Bom Domingo.









6 comentários:

  1. Oi, Ritinha!
    Adorei o post!! Minhas alunas estão virando suas fãs!! Com certeza vão querer fazer este quilt tbm! Uma boa idéa seria fazer como uma árvore genealógica, bordando no bolso o nome de sua bisavó e sua avó, depois, no outro o de sua avó e sua mãe, depois o de sua mãe e o seu, depois o seu e de seu filho (ou filhos), que tal? Foi uma idéia que me ocorreu agora, acho que seria um bom presente para a mãe da gente, a minha iria amar, com certeza! Parabéns pelo bom gosto!!! Meus bordadinhos estão quase terminados! Ah! Manda pra mim este molde da boneca, por favor? Bjks!

    ResponderExcluir
  2. Oi Rita!

    Obrigada pelas dicas. Assim reduzo o consumo de papel termocolante.

    Beijos
    http://www.entretecidoslinhaseagulhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Amei Ritinha, vc sempre muito atenciosa e generosa,bjssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Hoje recebi esse texto de um amigo, e lembrei de você...

    O LAÇO E O ABRAÇO
    Mário Quintana

    Meu Deus! Como é engraçado!
    Eu nunca tinha reparado como é curioso um laço... uma fita dando voltas.
    Enrosca-se, mas não se embola, vira, revira, circula e pronto: está dado o laço. É assim que é o abraço: coração com coração, tudo isso cercado de braço. É assim que é o laço: um abraço no presente, no cabelo, no vestido, em qualquer coisa onde o faço.
    E quando puxo uma ponta, o que é que acontece? Vai escorregando... devagarzinho, desmancha, desfaz o abraço.
    Solta o presente, o cabelo, fica solto no vestido.
    E, na fita, que curioso, não faltou nem um pedaço.
    Ah! Então, é assim o amor, a amizade.
    Tudo que é sentimento. Como um pedaço de fita.
    Enrosca, segura um pouquinho, mas pode se desfazer a qualquer hora, deixando livre as duas bandas do laço. Por isso é que se diz: laço afetivo, laço de amizade.
    E quando alguém briga, então se diz: romperam-se os laços.
    E saem as duas partes, igual meus pedaços de fita, sem perder nenhum pedaço.
    Então o amor e a amizade são isso...
    Não prendem, não escravizam, não apertam, não sufocam.
    Porque quando vira nó, já deixou de ser um laço!
    Bjks

    ResponderExcluir
  5. Vivi, o nome da minha etiqueta veio deste texto maravilhoso que tive o prazer de receber da Rochele, e agora de você, ameiiiiii vc. ao ler ter associado , ganhei o dia. Beijosssss Enormes.

    Bia, adorei as idéias, já vou te enviar.

    Karina, Estela e Francine, eu recebo tanto de vcs. que qualquer coisa que eu possa ajudar, faço com o maior prazer. Beijos

    ResponderExcluir