LAÇOS DE RITA


Nunca tinha reparado como é curioso um laço...
Uma fita dando voltas que se enrosca...
Mas não embola.
Vira,revira, circula e pronto:
Está dado o laço.
Assim como um abraço:
Coração com coração
Tudo isso cercado de muito braço.
É assim que é o laço:
Um abraço no presente...
No cabelo...
No vestido...
Em qualquer coisa que faço.
E quando puxo uma ponta,
O que é que acontece?
Vai escorregando... devagarzinho... Desmancha... desfaz o abraço.
Solta o presente, o cabelo...
E na fita que curioso,
Não faltou nenhum pedaço.
Ah! Então é assim o amor, a amizade.
Tudo o que é sentimento?
Como um pedaço de fita?
Enrosca, segura um pouquinho,
Mas pode desfazer a qualquer hora, Deixando livre as duas pontas do
laço.
Por isso é que se diz:
Laço afetivo, laço de amizade...
E quando alguém briga, então se diz: Romperam-se os laços...
Assim é o amor...
Não prende, não escraviza,
Não aperta, não sufoca.
Porque quando vira nó,
Já deixou de ser laço.

Mário Quintana

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Macaco olha o seu rabo......

Hoje escutei uma estória muito interessante, conversando com uma amiga, sobre pessoas que vivem a vida dos outros, as vezes , ou quase sempre, esquecendo-se da sua própria vida. Geralmente são pessoas que não encaram sua própria realidade.

A estória é mais ou menos assim.........." Todos os dias, um casal se sentava a mesa, próxima a janela, para tomar o café da manhã. O marido normalmente mantinha-se calado, já a esposa, começava a desfilar seu rosário de criticas em relação a roupa estendida no varal da vizinha. Dizia ela - Olha lá que roupa mal lavada, que falta de capricho.......... No dia seguinte a mesma ladainha - Ainda vou lá ensinar esta mulher a lavar roupa..........e por ai ia.

Até que um dia, ela falou - Meu Deus, ela aprendeu a lavar roupa, até que enfim, não era sem tempo, está limpinha.

E pela primeira vez, seu marido se manifestou..........Querida, fui eu quem limpou a janela.

3 comentários:

  1. Rita bonita do laço de fita.
    Amei a estorinha.
    Te gosto muito e serei uma visitante assídua do teu blog.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Rita, amei a história.
    Já te falei que sou sua fã?
    beijocas

    ResponderExcluir